Billy Wilder, roteirista, cineasta e produtor de cinema

 


Filho de Max Wilder e Eugenia Dittler, ambos judeus, Samuel Wilder nasceu na Galícia, atual Polônia, em 22 de junho de 1906.

Inicialmente Billy queria ser advogado, mas quando mudou-se para Viena, abandonou a carreira, tornando-se jornalista. Ao adquirir experiência foi trabalhar num grande tabloide em Berlim.

Começou sua carreira de cinema como roteirista em 1929. Com a ascensão de Hitler, em 1933, Billy imigrou para a França e depois para os Estados Unidos. Sua mãe e avós morreram em Auschwitz.

Ele aprendeu rapidamente o inglês e contou com a ajuda de Peter Lorre para ingressar na indústria cinematográfica estadunidense.

Escreveu, em parceria com Charles Brackett, clássicos como “Ninotcha” (1939) e “Ball of Fire” (1941).

A partir de 1942 a dupla começou a fazer filmes. Brackett produzia e Wilder ficava com a direção. Dessa época citamos os clássicos “Double Indemnity” (1944), “Five Graves to Cairo” (1943), “Lost Weekend” (1845) – Oscar de melhor filme, direção e roteiro – e “Sunset Boulevard” (1950) – Oscar de melhor roteiro. Após esse filme a parceria findou.

Seus filmes seguintes foram produzidos por ele mesmo, entre esses estão: “Ace in the Hole”(1951) e as comédias “Some Like It Hot” (1959) e “The Apartment” (1960) que lhe rendeu o Oscar de melhor direção. Ele se aposentou em 1981.

Billy Wilder faleceu em 27 de março de 2002 aos 95 anos, de pneumonia, em Beverly Hills, sendo sepultado no Westwood Village Memoria Park Cemetery, em Los Angeles, Califórnia.

 

Comente