“O maior amor do mundo”

cena-do-filme-o-maior-amor-do-mundo-1462227034337_956x500

Mesmo longe de ser uma comédia romântica, “O maior amor do mundo” carrega o gênero por conta das atrizes que atuam: as queridinhas Julia Roberts, Kate Hudson e Jennifer Aniston.

O filme aborda a maternidade em várias histórias que se cruzam com um roteiro que até consegue ser atual, porém é superficial e previsível.

A oportunidade de abordar algumas das várias questões da maternidade se perde por conta do roteiro que lembra (e muito) as comédias românticas, “Noite de Ano Novo” e “Idas e Vindas do amor”, pois é, mais um motivo para carregar o estigma do gênero. Tudo se resolve facilmente, além de ser muito colorido e iluminado.

Destaque para as atuações de Jennifer Aniston, como uma mãe desesperada com a nova mulher do seu ex-marido (a atriz está em um papel muito diferente do que está acostumada), Jason Sudeikis, um viúvo em processo, com duas filhas, que precisa seguir em frente e Julia Roberts, como uma mulher fria, mas com um passado que explica seus motivos. As crianças tem carisma e conquistam o espectador. Já, Kate Hudson, infelizmente, continua no automático e se repete com suas caras e bocas, uma pena!

Filme leve, divertido para comer pipoca e se emocionar,um pouquinho, também.

Comente