O zig zag de Netanyahu


Depois da causar um terremoto nas relações entre Israel e a Diáspora, Netanyiahu despertou para uma nova realidade, nada promissora para o futuro de Israel como país pluralista, liberal, democrata, a luz que ilumina a escuridão do Oriente Médio.

A liderança da AIPAC – American Israel Public Affairs Commitee –  sentiu que há um limite para a capacidade de receber insultos  e embarcou para Israel para dizer a Netanyahu o significado da sua tolerância com as exigências dos partidos haridim.

A Aipac é uma organização judaica americana que tem como finalidade apoiar Israel polìticamente, incentivar o relacionamento do governo americano com Israel, abrir as portas do Congresso Americano para os líderes israelenses, lutar contra o antisemitismo, apoiar a eleição de congressistas pró-israelenses, em resumo, ser o braço forte de Israel nos Estados Unidos.

A Aipac tem bases ortodóxicas? Não e não. Seus líderes pertencem à corrente conservadora e reformista do judaismo  e Netanyahu usou e usa a Aipac sem exigir  Licença de Kashrut do Rabinato de Israel.

A liderança judaica americana deixou bem claro a Netanyahu que fidelidade é recíproca, que não é um objeto que usa quando precisa e joga fora quando é mais importante manter  a sua cadeira de primeiro ministro.

A vinda da comissão da Aipac, deixou Netanyahu fazendo “zigue zagues de que disse mas não era extamente o queria dizer “, mas o obrigou a tomar outra decisão.

Netanyahu convocou uma reunião urgente do gabinete ministerial na sexta feira de manhã, na qual sugeriu que  as decisões tomadas dias antes,  no domingo, fossem congeladas por 6 meses, durante os quais uma comissão especial iria debater o problema e apresentar um novo projeto de lei.

Os ministros haredim, Deeri e Gafni, protestaram, veementemente,  e se retiraram da reunião que foi encerrada sem chegar a nenhuma decisão.

ESPANHA TAMBEM FINANCIA TERROR


Na última quarta feira, Yair Lapid, presidente do partido Yesh Atid, foi recebido no Parlamento de Madrid para um debate com líderes da oposição e da coligação governamental, sobre a contribuição financeira de paises europeus para organizações terroristas fundamentalistas.

Lapid informou aos congressistas espanhois, que no relatório da NGO.Monitor ( Non-governamental Organization Monitor ) consta que em 2015 a Espanha contribuiu com 5.100 milhões de euros, para organizações terroristas fundamentalistas, cuja meta é eliminar aqueles que não aceitam o Islã como religião.

Assim  sendo é permitido matar judeus pelo fato de serem judeus, também cristãos ou enforcar homosexuais e pendurar os corpos nos postes telefônicos de Gaza.

Certamente na Europa  não costumam ler estes relatórios.

O DESLIZE DE BOMBAS CONTINUA
No sábado, morteiros cairam no Golan, na região de Kuneitra, próximo à fronteira de Israel, sem causar danos. Israel revidou.

A população local não esconde a preocupação com as repetidas quedas de morteiros e outros artefatos explosivos e mais ainda com o aumento dos ruidos de explosões ouvidos nos ishuvim do Golan .

Fontes bem informadas declaram que o exército sírio tem atacado as forças rebeldes com muita intensidade nos últimos dias e que a luta tem sido travada na parte síria de Kuneitra .

O líder da oposição síria, Salim Hudaifa, declarou que a maioria do povo sírio , entende que o maior inimigo é o Irã e não Israel.

“Queremos Paz com Israel “.

Outra frente de conflito tem sido no sul do Líbano, onde há grande concentração de refugiados sírios na proximidade de acampamentos palestinos, que estão sendo acusados pelo exército libanes de fomentar atos de violência contra a população libanesa.

OS PALESTINOS E A UNESCO


A  Unesco continua sendo a arena internacional preferida pelos palestinos para atacar Israel .
A nova exigência palestina é o reconhecimento  da Cave dos Patriarcas em Hevron como herança tradicional internacional  bem como delegitimar a soberania de Israel sobre Jerusalem, a capital de Israel.

No sábado, 1/7/2017, Tzipi Livni, deputada pela coligação Hamachané Hatzionit ( Avodá + Hatnuá ) discursou no encerramento da Conferência para o fortalecimento da mulher , por iniciativa da UNESCO em Paris (foto).

No seu discurso, enfatizou a sua presença como representante da bancada da oposição na Knesset, mas  não ao passado do seu país e do seu povo, lamentando que a Unesco seja  palco de ataques contra Israel, ao invés de atuar como foco de colaboração e entendimento entre os povos.
É impossível transformar a Unesco em campo político , foram sua palavras .

UM GRANDE VISITANTE
O maior porta-aviões militar do mundo. George Bush, está ancorado frente ao porto de Haifa.
O seu tamanho, 333 m de comprimento e 20 m de altura, não permite que entre no porto e sim está ancorado a 4 km da costa.

Esta é a primeira visita desta nave, em Israel, que leva à bordo 5.700 soldados que vão comemorar no dia 4/7 , a independência do seu país. Alem de outros armamentos , uma pista com  22 aviões e helicópteros.

BRUCHIM HABAYM E CHAG HATZMAUT SAMEACH
BEM VINDOS E UM ALEGRE DIA DA INDEPENDÊNCIA!
OLMERT LIVRE

No domingo pela manhã, o ex-primeiro ministro Ehud Olmert, deixou as dependências da Casa de Detenção Maasiahu, depois de cumprir 16 meses de prisão. Sem comissão de recepção.

A 20ª MACABIADA EM ISRAEL
Entre 4 e 18/7/2017 será realizada a 20ª Macabiada em Israel.Cerca de 10 mil atletas de 80 paises vão disputar 2.100 medalhas em 3 mil torneios em 47 modalidades de esporte. Um grande evento para a juventude judaica de todo o mundo!

Bem vindos aos integrantes da seleção brasileira e sucesso nos jogos !

PRIMEIRO MINISTRO DA INDIA VISITA ISRAEL
Narendra Moti, primeiro ministro da India chegará esta semana, dia 5/7 em Israel para uma visita de 3 dias.

Pela primeira vez  um primeiro ministro indú vem a Israel e a visita de Moti assinala 25 anos de estabelecimento de relações diplomáticas entre os dois paises.

Em entrevista concedida a um jornalista da TV israelense –canal 2 – , em Nova Delhi , Moti expressou o seu grande interesse pela visita , pois tem muito o que aprender de Israel .

O jornalista curioso perguntou: ” o que um país de 3.100 bilhões de habitantes tem o que aprender de um país tão pequeno como Israel , com apenas 8 milhões de habitantes ?”

Narendra Moti respondeu que a India vem aprender agricultura em Israel , que o desenvolvimento tecnológico de Israel o surpreende e revelou que os dois paises colaboram na área espacial : Israel constroi os satélites e a India os envia para o espaço .
Que sejas bem vindo ,Narendra Moti !

BRITNEY SPEARS EM ISRAEL


Ontem , 3/7 , quando escrevia estas linhas , estavam trabalhando, arduamente, num calor de mais de 40° no Parque Hayarkon em Tel Aviv, nos últimos preparativos para o show mais esperado do ano .

À noite, um público estimado em 55 mil fãs da famosa cantora americana  estará à postos para assistir o fabulosos show.

Britney prometeu cantar as músicas mais badaladas de seu repertório, Toxic , Baby one more time , Oops…! I did it again e outras .

Na próxima semana eu conto.

GOVERNO NA VERSÃO SALAME
A ministra da Justiça, Ayala Shaked, continua a sua saga de governar sem  controle que possa obstruir suas metas.

A última proposta de lei de sua autoria, pretende tornar a escolha dos Conselheiros Jurídicos dos Ministérios em nomeações políticas.

Até agora, os Conselheiros são escolhidos segundo critérios profissionais e são encarregados de possibilitar ao governo exercer a sua política de ação , dentro dos limites legais.

A intenção da mudança , apoiada pelos demais ministros da coligação é freiar a atuação das instituições básicas do sistema democrático , como o Supremo Tribunal , Knesset, Universidades , Comunicação, enfim, enrolar tudo como um salame e governar sem nenhum controle.

O Conselheiro Jurídico do governo, Mandelblit, se opõe a este passo, dizendo  em poucas palavras, que isto é politização da função de Conselheiro Jurídico.

TRUMP E O TWITTER
O presidente americano não tira o dedo do Twitter e as últimas novidades ou boatos dizem respeito a algum movimento em direção ao início das conversações entre Israel e palestinos. Será?

SHALOM ME ISRAEL

Comente