“Picasso: mão erudita, olho selvagem”

picasso3

– Mostra de um dos artistas mais importantes do século XX

Uma belíssima mostra de obras de Pablo Picasso (1881 – 1973) está em cartaz na Caixa Cultural do Rio de Janeiro. Os trabalhos expostos são da coleção particular do artista, obras que manteve consigo durante sua vida, com várias pinturas, desenhos, fotografias, gravuras, esculturas e cerâmicas. A exposição está vindo de São Paulo,  do “Instituto Tomie Ohtake”, e tem a  curadoria  de Emilia Philippot, curadora do “Musée National Picasso” de Paris.

picasso1A mostra traça um percurso cronológico e temático em torno das principais fases do artista desde os anos de formação, com o óleo sobre tela, “L’Homme à la casquette”(1895), pintado pelo artista aos 14 anos, até os seus últimos trabalhos, como na gravura em metal “Couple: femme et homme chien. Avec femme à la fleur” (1972).
O artista espanhol viveu grande parte de sua vida na França e, das 109 obras expostas, quase a totalidade delas nunca foi vista no Brasil. Também podem ser conferidas na mostra 22 fotografias feitas em parceria com Adres Villers (1930-2016), outras três feitas por Pierre Maciet durante as filmagens de “La vie commence demain”(1949) e também  fotos de Nicole Védrès, tiradas no ateliê do artista em Fornas, Vallauris, na França.

O visitante pode assistir também ao filme “La vie commence demain” de 89 minutos e  “Guernica”(1950), de Alain Resnais e Robert Hessesns, com 13 minutos de duração, que aborda a obra de Picasso entre 1902 e 1949, e também um outro filme de Henri- Georges Clouzot, com duração de 78 minutos, que revela o processo criativo desse artista genial.

Fiquei fascinada com a escultura “Violão”, de 1924, que também lembra o corpo de mulher, um dos motivos preferidos do pintor que amou várias mulheres, como Fernanda Olivier, Eva Goel, Olga Khoklova( bailarina russa), Marie-Thérese Walter, Dora Maar ( Henriette Theodora Markovich, judia, poeta fotógrafa e pintora), Françoise Gillot, Geneviève Laporte e Jaqueline Roque, todas imortalizadas em suas telas sob diferentes estilos.

As cerâmicas com formatos de pássaros são maravilhosas, um dos pontos altos dessa mostra. Já quase nonagenário, Picasso pintou “O beijo” inspirado na efervescência  política das manifestações de Paris, em 1968, e pela revolução sexual.
Pablo Picasso, um artista múltiplo que manteve sua paixão até o último minuto de sua vida.

O amor de Picasso por Dora Amaar
https://youtu.be/TRV6CKRfi3s
Pablo Picasso e sua obra
https://youtu.be/ODwu7UJfSP0
Picasso erótico
https://youtu.be/vg20U836XRk

“Picasso: mão erudita, olho selvagem”
Caixa Cultural
Av. Almirante Barroso 25, centro – 39803815
Ter a dom, das 10h às 21h
Entrada grátis
Até 20 de novembro
 

Comente