Por que os idosos deveriam jogar mais videogame em seu cotidiano?

Os jogos ajudam muito a cognição dos idosos, explica Newton Luiz Terra, professor do Instituto de Geriatria e Gerontologia da PUC-RS, o que pode retardar ou prevenir doenças como o Alzheimer.

“É sempre bom explicar que a cognição é formada pela memória, pela função executiva que é a capacidade de sequenciamento, linguagem, praxia que é o ato motor que você realiza, gnosia que é a capacidade de reconhecer estímulos e função visio-espacial”, disse.

“Os videogames ajudam, pois promovem um aumento no número de sinapses, de interconexões entre neurônios”, completou.

O cérebro humano tem cerca de 100 bilhões de neurônios que se comunicam e formam 100 trilhões de interconexões. Segundo Terra, os neurocientistas descobriram que com o passar dos anos, ocorre no cérebro uma diminuição de sinapses que traz, consequentemente, uma deficiência cognitiva.

A relação e evolução entre a perda de capacidades cognitivas e doenças como o Alzheimer ainda tem muitos pontos abertos no conhecimento científico.

Uma das tentativas de entender melhor o aparecimento da doença está sendo tocada por pesquisadores britânicos com um jogo eletrônico para estudar o mal de Alzheimer.

Os usuários do Sea Quest Hero enfrentam labirintos, tentam evitar tiros e fogem de monstros marinhos. O jogo estimula o cérebro dos participantes com uma série de tarefas que exigem capacidade de memorização e de orientação para, ao mesmo tempo, coletar dados sobre os primeiros indícios da doença.

A versão para smartphone já foi baixada mais de 3 milhões de vezes em mais de 190 países.

Atividades estimulantes

O médico lembra que existem outras maneiras de fazer crescer o número de interconexões neuronais.

“A maneira mais indicada é a leitura com reflexão. Mas a informática, a participação em grupos de convivência, aprender uma nova língua ou instrumento musical e os exercícios físicos também ajudam na melhoria da cognição”, explicou.

O importante, é o idoso fazer o que gosta e encontrar uma atividade que lhe dê prazer. E isso, pelo jeito, é exatamente o que Liziria, Nascimento e os novos jogadores de boliche pelo videogame estão fazendo.

Comente